NOTÍCIAS DE DESMATAMENTO E QUEIMADA

A SUSTENTABILIDADE NO CAMPO É UTOPIA?

Desmatamento na Amazônia - Não Desperdício

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgou dia 18/11 a estimativa da taxa de desmatamento para os nove estados da Amazônia Legal Brasileira em 2019 e as notícias não são boas.

Estima-se um aumento de 29,54% em relação a taxa de desmatamento apurada pelo PRODES 2018. Essa estimativa envolve muitas questões, mas os olhos do cidadão urbano se voltam para o agronegócio.

O documentário CAMPO & SUSTENTABILIDADE – Equilíbrio possível ou utopia – abordou as controvérsias da discussão que a sustentabilidade na produção de alimento provoca nos dias de hoje, dentro do contexto do desafio do crescimento populacional.

frase em itálico

Os participantes também mostram como é possível trocar o uso de agrotóxicos químicos por defensivos biológicos, por meio do uso de vespas no combate a pragas e de abelhas para polinização da área de produção e como marcador biológico.

  

Após a exibição, haverá um debate com Manuela Maluf Santos, pesquisadora no Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV, Caio Penido, pecuarista e sócio da Agropecuária Água Viva,

Thais Fontes - Campo e Sustentabilidade - Não Desperdício  Herlon Oliveira - Campo e Sustentabilidade - Não Desperdício

Thais Fontes, gerente de Sustentabilidade do Rabobank Brasil, e Herlon Oliveira, CEO da Agrusdata.

O documentário foi patrocinado via Lei Rouanet pelo Rabobank Brasil e realizado pela Conteúdos Diversos Produções, que desenvolve projetos audiovisuais e eventos multiplataforma aliados ao propósito da transformação social, cidadania e educação, estimulando o engajamento do público. Conta com parceria de conteúdo do Portal Não Desperdício.

Pré-estreia do documentário Campo e Sustentabilidade – Equilíbrio Possível ou Utopia? – Cine Petra Belas Artes (R. da Consolação, 2.423) – 26/11 – 20h. Grátis.

  • IMAGEM da CAPA: Mapa de calor da ocorrência de desmatamento nas 99 cenas prioritárias usadas na estimativa do PRODES 2019.
  • O INPE reforça que os valores apresentados são uma estimativa da taxa de desmatamento para o PRODES 2019. A taxa consolidada será apresentada quando for completado o processamento de todas as 229 cenas que recobrem a Amazônia Legal.
  • Fonte: http://www.inpe.br/noticias/noticia.php?Cod_Noticia=5294