Desperdício de Meio Ambiente - ODS 14 - Vida na água e mancha de óleo

DESPERDÍCIO DE MEIO AMBIENTE NO BRASIL

Para as Organização das Nações Unidas o meio ambiente é o conjunto de elementos físicos, químicos, biológicos e sociais que podem causar efeitos diretos ou indiretos sobre os seres vivos e as atividades humanas.

O derramamento de petróleo no Nordeste já atingiu quase 250 locais em mais de 2.500 km da costa brasileira.

No fim de agosto as primeiras manchas apareceram na Paraíba e em Sergipe e foram se espalhando pela costa brasileira. O Ibama realiza a avaliação do impacto ambiental e dá direcionamento de ações de resposta à fauna, bem como orienta sobre a destinação de resíduos e sobre a remoção do óleo, definindo prazos das ações de limpeza e quais os ambientes devem ser priorizados.

Manchas no Nordeste
Onde e quando apareceu óleo no litoral

Mapa Manchas no Nordeste - Onde e quando apareceu óleo no litoral - NÃO DESPERDÍCIO

Fonte: IBAMA – Mapa: aosfatos.org

Além de danos a ecossistemas da região, estima-se que 14 unidades de conservação federais foram afetadas matando ou ferindo animais e atividades como a pesca estão seriamente prejudicadas.

Órgãos do governo como a Marinha investigam navios passaram perto da costa brasileira na época em que as manchas de óleo começaram a aparecer e as suspeitas pelo derramamento recaem sobre os chamados “dark ship”, embarcações que tentam navegar sem serem detectadas.

Apesar das discussões políticas que permeiam todas as questões, algumas organizações não governamentais e redes de voluntários locais estão atuando para mitigar o que já está sendo considerado um desastre ambiental inédito no mundo.

LUTAR PELA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL É OBRIGAÇÃO DE TODOS.

A sustentabilidade ambiental e ecológica é a manutenção do meio ambiente do planeta Terra, é manter a qualidade de vida e manter o meio ambiente em harmonia com a existência das pessoas.

Conheça o ODS 14 – Vida na água Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável: https://naodesperdicio.com.br/agenda-2030/objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel/ods14/

Longe dessa tragédia estar chegando a seu fim, a única certeza que se tem até o momento é que a contaminação por óleo no Nordeste deixará sequelas no ecossistema marinho, na saúde e economia local matando diversas espécies, impossibilitando a pesca e o turismo além de causar doenças.

Sem que ainda soubéssemos que este terrível incidente ocorreria, em seu depoimento no documentário A ÁGUA QUE FALTA, o biólogo marinho William Schepis, Presidente do Instituto Ecofaxina chamava a atenção sobre o descarte indevido nas grandes cidades e seus efeitos sobre os rios que tudo levam para o mar.

Nós do NÃO DESPERDÍCIO acreditamos que a reflexão sobre o modo de vida que estamos vivendo é fundamental para acabarmos com o desperdício de meio ambiente e que o poder público, as empresas e os cidadãos devem se unir nesta causa.